No Comment

Entenda como a busca por voz impacta o marketing digital

A maioria dos smartphones já está equipada para utilizar busca por voz. Basta usar o Google ou o aplicativo do buscador para acessar o recurso. O sistema é capaz de identificar o tom do usuário para pesquisar por perguntas e trazer resultados relevantes baseados naquilo que ele realmente está procurando.

Tamanha mudança na forma de realizar buscas no Google precisa ser considerada por quem produz conteúdo na internet e conta com a boa performance dele para alavancar os retornos de marketing. Felizmente, não é difícil se aproveitar da busca por voz para melhorar sua visibilidade.

Veja a seguir os pontos que você precisa considerar ao otimizar conteúdo para busca por voz em sua estratégia de marketing digital:

Atenção às intenções

O algoritmo do Google se torna cada vez mais inteligente e, com o desenvolvimento da busca por voz, passou a ser capaz de compreender a intenção por trás de cada pesquisa, em vez de simplesmente se focar em palavras-chave. Portanto, você deve se certificar de que o seu conteúdo consiga satisfazer a questão que ele propõe, sem se preocupar tanto em apenas usar a sua palavra-chave repetidas vezes.

Foco em perguntas

Ao usar o Google pelo navegador de internet, a maioria das pessoas faz buscas como “floriculturas em São Paulo”. No entanto, ao usar busca por voz, geralmente esse pedido se transforma em uma pergunta: “Onde comprar flores em São Paulo?” Portanto, vale a pena formatar o seu conteúdo em um modelo de questionamento, já que aumenta a probabilidade de emplacar boas posições entre os resultados de pesquisa.

Otimização para long tails maiores

Se a sua página aposta em palavras-chave long tail, você está no caminho certo para aproveitar as vantagens da busca por voz do Google. Afinal, as chances de pesquisas por esse tipo de termo são maiores ao utilizar esse recurso. Analise as oportunidades de conteúdo da sua área de atuação e detecte os assuntos mais específicos que podem ser do interesse da sua audiência.

Uso de tags microdata

Recentemente, o Google e demais sites de buscas passaram a suportar um tipo de tag chamada microdata. O objetivo dela é especificar de maneira mais precisa o tipo de conteúdo contido nas páginas para que apareça no buscador. Por exemplo, ao falar de um filme em seu site, você pode ter tags separadas para diretor, elenco, gênero, entre outros. Essas informações aparecerão entre os resultados de buscas.

Acesso a layout responsivo

Como boa parte das pessoas que estão fazendo busca por voz no Google utilizam um smartphone, você precisa se certificar de que o seu conteúdo está preparado para receber o público desse tipo de dispositivo. Você pode desagradar potenciais clientes se a experiência do seu site for ruim no mobile. Conte com um layout responsivo, que se adapta a diversos aparelhos diferentes.

Agora você já sabe de todos os impactos que a busca por voz tem na otimização do conteúdo do seu site. O próximo passo é começar a atuar junto à estratégia de SEO da sua empresa para aproveitar todas as oportunidades que esse novo formato de pesquisa oferece. Esse trabalho precisa ser feito de maneira muito cuidadosa, então considere recrutar a ajuda de uma agência de marketing digital para potencializar seus resultados.

De quais formas você pretende começar a aproveitar as vantagens da busca por voz para alavancar suas visitas? Conte nos comentários!

Relacionados
Posts Relacionados
5 motivos para sua empresa fazer e-books ( 21 dez,2016 )
Quando começar o Marketing Digital da minha Empresa ( 25 mar,2015 )
Por que terceirizar a produção de conteúdo do seu site? ( 18 set,2017 )
Reformular para Melhorias de Conversão no Seu Site ( 14 set,2015 )
Tráfego orgânico: por que é importante e como atrair? ( 12 jan,2017 )
Quer saber mais sobre Marketing Digital? Clique aqui e baixe nossos e-books